• Bater a porta do carro com força pode causar estragos no veículo?
  • Autor:Paula Maria Prado
  • 2020-02-14
  • Fonte:

“Não tem geladeira em casa, não?”. Se você já usou a força além do necessário para fechar a porta do carro, possivelmente já ouviu esse clássico. Aliás, se você é um condutor cuidadoso com seu veículo já disse essa frase para alguém. Mas, será que bater a porta do carro com mais força do que o necessário pode mesmo danificar o veículo? Para responder essa pergunta, fomos atrás de um especialista.

De acordo com o engenheiro Rodrigo Calixto, da funilaria e mecânica Scuderia GWR, de São José dos Campos, desde a fase de projeto do carro pelo fabricante, tais ocorrências são previstas, assim, há a preocupação de que pancadas não danifiquem o veículo. Mas, ainda assim, é prudente não exagerar.

“Nenhuma parte da porta vai quebrar de uma hora para outra por causa de uma batida mais forte. Todas as peças que compõe a porta do veículo são projetadas e testadas para suportar essas pancadas”, afirmou o especialista.

“Entretanto, ainda que eventuais batidas mais fortes de porta não causem danos imediatos ao veículo ou aos componentes da porta, impactos dessa natureza de forma constante podem promover algum problema a longo prazo, como alguns ruídos ao abrir e fechar a porta e/ou com o carro em movimento”, continuou. Nada, porém, que uma manutenção simples não possa corrigir.

Em tempo, na Scuderia GWR membros do Clube+ OVALE têm desconto de 20% nos serviços de mecânica e 10% nos serviços de funilaria e pintura. O espaço fica na av Aclimação, 663, Jardim Alvorada.